Folha do Brejo

Notícias/Entretenimento

Hotéis lotados, 3 mil empregos e giro de R$ 400 milhões: os números do São João de Campina Grande

Levantamento da Coordenadoria de Turismo aponta que rede hoteleira local já está com as vagas praticamente preenchidas para fins de semana dos festejos juninos

Hotéis lotados, 3 mil empregos e giro de R$ 400 milhões: os números do São João de Campina Grande
Parque do Povo em Campina Grande (Foto: Divulgação/Codecom-CG)
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Depois de dois anos sem ocorrer devido à pandemia, O Maior São João do Mundo, em Campina Grande (PB), volta em 2022 com alta expectativa quando se fala em público e economia.

Conforme dados da Prefeitura de Campina Grande, na última vez que a festa foi executada, em 2019, foram gerados cerca de 3 mil empregos, um giro financeiro de R$ 300 milhões e o evento recebeu em torno de 2,5 milhões de pessoas nos 30 dias. Para este ano, a prefeitura espera um giro de R$ 400 milhões em 31 dias.

Réplica da Catedral de Nossa Senhora da Conceição, na Cidade Cenográfica do Parque do Povo (Foto: Arquivo/Portal Correio)
Réplica da Catedral de Nossa Senhora da Conceição, na Cidade Cenográfica do Parque do Povo (Foto: Arquivo/Portal Correio)

Segundo levantamento da Coordenadoria de Turismo da Prefeitura de Campina Grande (Codemtur), a rede hoteleira do município já está com as vagas praticamente preenchidas para os fins de semana dos festejos juninos.

“São dados que permitem a projeção de bons resultados, para todos os setores que envolvem a festa”, disse a prefeitura.

Como estratégia para atrair ainda mais turistas para o evento, a Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento (SEDE), disse que firmou parceria com a companhia Azul Linhas Aéreas, permitindo a vinda de voos fretados diretos do aeroporto de Viracopos, em Campinas (São Paulo), para o Aeroporto João Suassuna.

Outro aspecto que contribuirá para aumentar o sucesso d’O Maior São João do Mundo será a atuação das agências de viagens que têm comercializado os roteiros preparados especialmente para a festa.

Visita técnica da Prefeitura de Campina Grande ao Parque do Povo (Foto: Divulgação/Codecom-CG)
Visita técnica da Prefeitura de Campina Grande ao Parque do Povo (Foto: Divulgação/Codecom-CG)

Atualmente, Campina Grande possui 3.791 leitos disponíveis, considerando todos os meios de hospedagem, inclusive as alternativas e cadastros pelo Airbnb. Essa quantidade ainda pode aumentar, segundo o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Campina Grande e Interior da Paraíba (SindCampina), Divaildo Bartolomeu Júnior.

“A partir do dia 17 de junho o número de turistas deve ser visto de forma mais acentuada, por conta do período considerado o ponto alto da festa. Além do mais, as principais datas irão ocorrer em fins de semana, como os dias 23 e 24 de junho, quinta e sexta-feira, então isso nos faz projetar que a cidade esteja lotada até o dia 28 de junho, véspera do Dia de São Pedro”, disse Divaildo Júnior.

Expectativas

A expectativa representa a recuperação do setor, após o longo período de prejuízos acumulados por conta da pandemia.

“A gente tem acumulado dívidas ao longo de dois anos e o retorno da festa é muito importante para a economia da cidade como um todo. Se 30% de todo o faturamento obtido vier de capital externo, ou seja, de pessoas que virão de outras localidades, a cidade já sai ganhando”, completou Divaildo.

Parque do Povo, em Campina Grande (Foto: Divulgação)
Parque do Povo, em Campina Grande (Foto: Divulgação)

Segundo pesquisa realizada em edições anteriores d’O Maior São João do Mundo, a maioria dos turistas é dos estados de Pernambuco, Ceará e de São Paulo. Contudo, a expectativa é de que a edição de 2022 da festa atraia visitantes de outras regiões do país.

Os organizadores esperama inda que O Maior São João do Mundo ganhe uma amplitude maior, principalmente com a vinda, de forma mais expressiva, de turistas das regiões Sul e Sudeste.

“Essa perspectiva é devido ao trabalho de divulgação em feiras de negócios de turismo, como também por conta da ampliação das operações dos voos da Azul”, disse a Prefeitura de Campina Grande.

FONTE/CRÉDITOS: PortalCorreio
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!