Folha do Brejo

Notícias/Saúde

Baixas taxas de vacinação em crianças já têm consequências, diz pediatra

“Comportamento temeroso das famílias” reflete diretamente no aumento da ocupação de leitos infantis em hospitais

Baixas taxas de vacinação em crianças já têm consequências, diz pediatra
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O baixo índice de procura de vacinas para crianças já tem consequências preocupantes. A falta de imunização no público infantil, conforme especialistas, reflete diretamente na ocupação de leitos de enfermarias e Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e na alta demanda em consultórios pediátricos.

A presidente da Associação Paraibana de Pediatria, Socorro Martins, participou do Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan João Pessoae explicou os riscos da baixa cobertura vacinal em crianças e do “comportamento temeroso das famílias” sobre os imunizantes.

As doenças ressurgiram porque, quando se passam coberturas vacinais, aquele vírus e bactéria que estavam controlados voltam a circular com força, correndo um risco de sofrerem mutações. Esse temor, que não tem fundamentação, já tem uma repercussão direta”, ressaltou a médica.

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!